Feeds:
Posts
Comentários

Saiba tudo sobre o Ford Escort, sua história, os modelos etc….

Escort MK3

O Escort MK3, começou a ser fabricado no Brasil em 1983, e em tese ele veio para substituir o Corcel,  a nomenclatura MK3, significa Mark 3, pois é o terceiro de sua geração original (as gerações anteriores MK1 e 2 não foram fabricadas no Brasil). Inicialmente fabricado com o motor CHT 1.4 ou 1.6 litros o Escort logo se tornou um campeão de vendas, e fez história ao lancer modelos esquecidos ou sem concorrente direto, como a esportividade do XR3 (inclusive com uma versão conversível), o luxo do Ghia, e modelos de 3 e 5 portas L e GL.

Escort MK4

Em 1987 a Ford do Brasil finalmente trás o Mark 4 ou MK4, esteticamente o carro é quase o mesmo, as maiores diferenças são encontradas na tampa traseira e lanternas e na dianteira, para-choques envolventes também são a novidade dessa geração, além de outros pequenos detalhes, outra modificação que não passa a despercebido é no interior, com um tablier todo redesenhado, o interior do MK4 fica mais bonito e mais pratico com um ótimo porta objetos que não permite que em uma curva mais fechada, as coisas possam cair de cima do mesmo. Após 3 anos, essa geração passa a contar com o motor VW 1.8 AP, fruto de uma parceria entre as marcas Ford e VW, em que surgiu a Autolatina, essa parceria renderia alguns bons frutos, mas também vários problemas no futuro, com isso, foram criados os Ford Verona e Versailles que compartilhavam muitas coisas entre peças e plataforma, os Vw Apollo e a nova geração do Santana em 92.

Escort MK5

Em 1993, o Escort passa por uma reformulação total, chamada de MK5, essa é verdadeiramente uma nova geração, bem diferente da anterior em muitos aspectos, surgem com essa geração os motores 2.0 herdados da VW através da Autolatina, inicialmente os MK5 chegaram a sair com motores CHT (agora chamados de AE, pois havia sido melhorado pela VW, para o uso no Gol), também motoresVW AP 1.6 e 1.8.

Essa geração deixa de ter um modelo com 5 portas, que havia nos modelos anteriores, na Europa era fabricada, mas no Brasil carros com 4 portas chegaram a ser taxados como carros de praça ou pior, por sorte isso logo passou.

O “irmão” dessa geração, na Autolatina, era o Logus, que compartilhava muitos itens, como o motor.

Em 1996 essa geração passa por uma espécie de Facelift, e o capo, cresce em direção ao para-choque e ganha uma grade oval nele, tal modificação deixava o carro com um visual um tanto duvidoso para alguns, pois ele não combinava em nada com o resto das linhas do carro, mas isso era só o começo para o que estava pra vir. Também em 96, já não era mais fabricada a versão conversível.

Escort MK7

Em 1997, o Escort passa por outra modificação, e dessa vez a Ford arredonda mais ainda o carro, apesar de boa parte da estrutura ser igual a geração anterior, muita coisa foi modificada ou diferenciada, esteticamente percebe-se a parte dianteira e traseira totalmente diferente, apenas lembrando a anterior, ressurge com essa geração, os modelos 5 portas, o então Verona, passa a se chamar Escort sedan (esse conserva a traseira identica ao do Verona MK5), também nessa geração, apesar de ser fabricado no exterior, não vem pro Brasil a versão conversível, muda boa parte do interior, como tablier e a maior mudança com a chegada dessa geração foi na parte mecânica, agora os Escort contavam com motores Zetec.

Essa foi a última geração do Escort e durou até o ano de 2003, quando ele deixou de ser fabricado.

*** atenção post de teste… todo o descritivo foi escrito sem embasamento tecnico ***

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.